Fundador

Padre Arcangelo Tadini

Arcangelo Tadini nasce em 12 de outubro de 1846 em Verolanuova (Brescia), Filho de
Pietro e Antonia Gadola, último de onze filhos.

Em 1864 entra no semanário em Brescia e em 19 de junho de 1870 é ordenado sacerdote exercitando seu ministério em algumas cidadezinhas da província de Brescia: Lodrino, La Noce e, enfim, Botticino Sera onde permanece por 25 anos.

Vive a paróquia como canteiro de obra de vida social nas pegadas da primeira a encíclica social, a Rerum Novarum de Leão XIII, que proclama a centralidade do ser humano trabalhador, planeja iniciativas concretas para melhorar as condições de vida das jovens operárias: constrói uma fiação para oferecer oportunidades de trabalho e abre uma hospedaria para trabalhadoras que vinham de outras cidades para facilitar relações familiares e de amizade, mas percebe que isso não é o bastante suficiente para aquelas jovens operárias que em seus olhos de pai atento aparecem como “limões espremidos”, porque violadas em sua dignidade de mulheres e de trabalhadoras.

Em 1900, funda a congregação das “Irmãs Operarias da Santa Casa de Nazaré”, para que aquelas jovens mulheres tenham por colegas de trabalho irmãs que as ajudassem a fazer resplandecer em sua humanidade e deixar emergir a presença de Jesus trabalhador em Nazaré, a boa notícia de um Deus próximo que se fez carne, entrou na história, assumindo cada um de seu fragmento e a tudo pode dar vida nova.

Morre em Botticino Sera em 20 de maio de 1912. É proclamado bem-aventurado por João Paulo II em 3 de outubro de 1999 e canonizado por Bento XVI em 26 de abril de 2009.

Sua festa litúrgica é celebrada em 21 de maio.